Caronte 7 Voltas, de Mauricio Adinolfi

Caronte carrega a alma úmida 
dormente suspenso nas vísceras contorcidas do boi
Um barco morto 
Um rio morto
a morte que não existe
cachorro de 3 cabeças
rio de 7 voltas
cão em liberdade

M. Adinolfi

CARONTE 7 Voltas, intervenção de Mauricio Adinolfi no Beco do Pinto, traz à tona um mundo esquecido da cidade de São Paulo: seus rios. Ao bombear a água de uma nascente que corre sob o Solar da Marquesa de Santos, para escorrer continuamente sobre um barco, faz com que as águas do Tamanduateí subam a colina histórica. Nesse movimento, retoma a narrativa das águas para confrontar a ação humana sobre o espaço. Não por acaso essa narrativa remete à figura do Caronte, barqueiro da mitologia grega que, pelas águas dos rios Estige e Aquedonte, transportava as almas dos recém-mortos em direção ao inferno de Hades. Na temporalidade geológica em que vive a malha hídrica da metrópole, esses recém-mortos têm pouco mais de um século. Eles nos lembram que estamos na última curva das sete voltas do Tamanduateí. Rio de Muitas Voltas, aliás, é uma das traduções do nome do rio na língua dos povos originários. Povos estes cujas histórias também sussurram entre os sucessivos massacres da nossa paisagem urbana, promovidos em nome de uma determinada concepção de progresso. Sem nostalgia de um passado mítico, o CARONTE 7 Voltas escorre, beco abaixo, procurando outros caminhos para pensar a ressignificação do espaço e outros possíveis futuros da cidade.

Giselle Beiguelman

©Monica Caldiron, 2021

Caronte 7 voltas, de Mauricio Adinolfi

Beco do Pinto | Museu da Cidade de São Paulo
Rua Roberto Simonsen, 136 – Sé – São Paulo – SP (próximo à estação Sé do metrô).

16 de outubro de 2021 a 20 de março de 2022
Terça a sexta, das 10h às 16h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h.
Entrada gratuita, sem necessidade de agendamento ou retirada de ingresso.
Obrigatório o uso de máscara.
Serviço educativo disponível.



Intérprete em libras disponível, com agendamento prévio a partir do e-mail: educativomuseudacidade@gmail.com

©Monica Caldiron, 2021